Coronavírus

Hospital de Santo António esgota camas nos cuidados intensivos para covid-19

Unidade de Cuidados Intensivos para doentes com covid-19 esgotou a capacidade.

Especial Coronavírus

O Hospital de Santo António, no Porto, esgotou a capacidade de internamento em cuidados intensivos para doentes covid-19.

Há neste momento 28 doentes internados, mas o hospital prepara-se para abrir mais camas, prejudicando o funcionamento dos blocos operatórios.

Para além dos doentes nos intensivos, o Santo António tem mais 115 doentes internados com covid-19. A informação foi avançada pelo diretor clínico do hospital, José Barros.

Norte com 88% de ocupação em cuidados intensivos

A taxa de ocupação de camas de enfermaria de doentes com covid-19 situa-se nos 84%, sendo de 81% nas Unidade de Cuidados Intensivos, verificando-se no Norte a maior pressão sobre os hospitais, segundo o secretário de Estado da Saúde.

Em Lisboa e vale do Tejo, as unidades hospitalares registam uma taxa de ocupação de camas tanto em enfermaria como em UCI, unidade onde estão os doentes mais graves de covid-19, também acima dos 80%, respetivamente, 84% e 82% do total.

HOSPITAIS PRIVADOS REAFIRMAM DISPONIBILIDADE PARA RESPONDER À PANDEMIA

O presidente da Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP), Óscar Gaspar, reiterou na terça-feira a disponibilidade dos hospitais privados em dar resposta à pandemia da covid-19 e a outras doenças, realçando a "relação inexistente" com o Governo.

O presidente da APHP assinalou que, em agosto e setembro, os hospitais privados, aos quais as pessoas "estão a recorrer mais", conseguiram "dar resposta" aos doentes não-covid-19 e "aliviar o Serviço Nacional de Saúde" (SNS).

O líder da APHP lastimou também que, depois de abril, os hospitais privados tenham deixado de estar envolvidos na resposta à pandemia, com as autoridades de saúde a considerarem que o SNS "era autossuficiente".

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias