Coronavírus

Passageiros queixam-se de comboios sobrelotados em Aveiro

Eurico Bastos

Eurico Bastos

Repórter de Imagem

Passageiros preocupados com impossibilidade de distanciamento nas ligações ferroviárias entre Aveiro e o Porto nas horas de ponta.

Especial Coronavírus

Há transportes onde é impossível respeitar as regras de distanciamento impostas pela pandemia de covid-19. Quem viaja de comboio entre Aveiro e o Porto, por exemplo, diz que as carruagens vão cheias nas horas mais movimentadas.

Nestes comboios não há lugares marcados, não existem cadeira bloqueadas, nem controlo da entrada dos passageiros nas carruagens.

Contactada pela SIC, a CP admite que em horários de maior procura tem havido taxas de ocupação superiores às permitidas por lei.