Coronavírus

Setor da restauração em protesto contra recolher obrigatório

Marcha lenta no Porto começou antes das 08h00.

Especial Coronavírus

O primeiro-ministro já admitiu que a restauração vai ser particularmente penalizada pelas novas restrições do estado de emergência. Esta segunda-feira, dezenas de empresários e funcionários do setor num protesto espontâneo no Porto.

Os empresários acreditam que se as medidas se prolongarem no tempo, serão muitos os restaurantes a fechar. Não concordam com o encerramento às 22h30, mas é a proibição de circulação aos fins de semana que mais preocupa.

O recolher obrigatório imposto pelo Governo vigora a partir desta segunda-feira e por 15 dias, e os empresários estão especialmente preocupados com o fim de semana, em que é a partir das 13h00.

  • 4:11