Coronavírus

Mais 82 mortes e 6.383 casos de Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas

Rafael Marchante

Número de internamentos desce pelo segundo dia consecutivo.

Especial Coronavírus

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 6.383 casos de infeção e mais 82 mortes associadas à doença covid-19, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) desta quinta-feira

Desde o início da pandemia morreram em Portugal 4.209 pessoas, dos 280.394 casos de infeção confirmados.

Há menos um doente internado nas Unidades de Cuidados Intensivos, totalizando 516. Em relação aos internamentos em enfermaria, há menos 59 pessoas internadas, totalizando agora 3.192.

A DGS revela que estão ativos mais 1.713 casos de infeção em relação a quarta-feira, num total de 82.241. Foram dados como recuperados mais 4.588 doentes, 193.944 desde o início da pandemia.

As autoridades de saúde têm agora sob vigilância 81.367 pessoas, menos 579.

No que diz respeito aos 6.383 novos casos, 3.414 registam-se na região Norte, 1.782 em Lisboa e Vale do Tejo, 964 na região Centro, 87 no Alentejo, 85 no Algarve, 35 nos Açores e 16 na Madeira.

Das 82 mortes a lamentar nas últimas 24 horas, 43 ocorreram na região Norte, 26 em Lisboa e Vale do Tejo, 6 na região Centro, 4 no Alentejo, uma no Algarve e duas nos Açores.

DADOS POR GÉNERO E FAIXA ETÁRIA

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 123.820 homens e 151.574 mulheres, de acordo com os casos declarados.

O boletim de hoje refere que há 5.000 casos confirmados de sexos desconhecidos que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de uma forma automática.

Do total de vítimas mortais, 2.181 eram homens e 2.028 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

Mais de 1,42 milhões de mortes e 60 milhões de casos no mundo


A pandemia da covid-19 já causou pelo menos 1.422.951 mortos e mais de 60.427.590 casos de infeção com o novo coronavírus (SARS-Cov-2), indicou hoje o balanço diário realizado pela agência France-Presse (AFP) com base em fontes oficiais.

Pelo menos 38.532.900 pessoas foram consideradas como recuperadas e curadas, de acordo com os dados reunidos pela agência internacional.

Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 12.351 mortes e 635.138 novos casos da doença covid-19 em todo o mundo, segundo a AFP.

A agência noticiosa francesa sublinha que o número de casos diagnosticados só reflete, contudo, uma fração do número real de infeções.

Alguns países só testam os casos graves, outros utilizam os testes sobretudo para rastreamento e muitos países pobres dispõem de limitadas capacidades de despistagem.

Os países que registaram mais mortes no último dia foram, e de acordo com os respetivos balanços, os Estados Unidos da América (EUA) com 2.439 óbitos, o México (858) e Itália (722).

Os Estados Unidos continuam a ser o país mais afetado, tanto em número de mortos como de casos, com um total de 262.283 mortes entre 12.778.254 casos recenseados, segundo o balanço da universidade norte-americana Johns Hopkins.

No mesmo país, pelo menos 4.835.956 pessoas foram declaradas como curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil com 170.769 mortos em 6.166.606 casos, a Índia com 135.223 mortos (9.266.705 casos), o México com 103.597 mortos (1.070.487 casos) e o Reino Unido com 56.533 mortos (1.557.007 casos).

Ainda entre os países mais afetados, a Bélgica é o que conta com mais mortos em relação à sua população, com 138 óbitos por cada 100.000 habitantes, seguido pelo Peru (108), Espanha (94) e Itália (86).

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau) declarou oficialmente um total de 86.490 casos (21 novas infeções nas últimas 24 horas), bem como 4.634 mortes (nenhuma no último dia) e 81.550 recuperações.

Por regiões, a América Latina e as Caraíbas totalizavam até hoje (às 12:00 hora de Lisboa) 440.211 mortes em 12.673.887 casos de infeção, a Europa 390.074 mortes (17.166.670 casos), os Estados Unidos e o Canadá 273.972 mortes (13.123.532 casos), a Ásia 190.919 mortes (12.110.417 casos), o Médio Oriente 76.191 mortes (3.214.016 casos), a África 50.643 mortes (2.108.855 casos) e a Oceânia 941 mortes (30.221 casos).

Este balanço foi realizado a partir de dados recolhidos pelas delegações da AFP junto das autoridades nacionais competentes e de informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Devido a correções feitas pelas autoridades ou a notificações tardias, o aumento dos números diários pode não corresponder exatamente aos dados publicados no dia anterior, segundo referiu a AFP.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global