Coronavírus

Pedro Simas: "Eu acho que a gripe não vai ser problema nenhum"

Pedro Simas, virologista do Instituto de Medicina Molecular, analisa, na Edição da Tarde da SIC Notícias, o plano de vacinação e o que os portugueses podem esperar na altura do Natal e Ano Novo.

Pedro Simas entende que a partir da primeira fase da vacinação, poderemos "ter o problema muito, muito resolvido".

"O que nós queremos é proteger os grupos de risco."

O virologista explica que na maior parte das pessoas "o vírus provoca uma infeção que não é grave", mas existe um grupo de risco "bem identificado" que desenvolve uma doença grave, que pode levar à morte.

"Se nós temos um problema numa população de risco, e se protegemos essa população de uma forma muito eficiente com uma vacina, então deixamos de ter o problema."

No entanto, Pedro Simas diz que haverá outra questão: a imunidade de grupo, "que vai demorar mais tempo a atingir". Mas já não será problemático, porque os grupos de risco já estarão vacinados.

O virologista deixa ainda uma mensagem para estas pessoas, que pertencem aos grupos de riscos, e que serão vacinados na primeira fase.

"O Plano de Vacinação vai ter muito cuidado em explicar (...) que não tenham medo."

Em entrevista à SIC Notícias, recorda também os cuidados que as famílias devem ter na época de Natal e Ano Novo perante as pessoas de grupos de risco com quem podem vir a conviver.

Em relação à gripe, Pedro Simas explica que esta é um vírus sazonal e não pandémico. E com todas as medidas que se estão a tomar para evitar a propagação da covid-19, entende que a "gripe não vai ser problema nenhum".