Coronavírus

Vacinas para a covid-19 só produzirão efeitos no outono

Para certos especialistas a primeira grande imunidade será atingida já em abril.

Saiba mais...

A Sociedade Portuguesa de Gestão de Saúde diz que as vacinas não deverão ter efeito antes do outono e que a escolha de profissionais para a primeira fase das vacinação é uma estratégia do governo para instalar a confiança.

Para certos especialistas a primeira grande imunidade será atingida já em abril, quando o grupo de maior risco estiver vacinado, diminuindo a mortalidade e a pressão nos hospitais.

As vacinas que começaram a ser administradas nos últimos dias de 2020 são um luz de esperança,
mas a Sociedade Portuguesa de Gestão de Saúde alerta que os efeitos não serão sentidos antes do outono de 2021...

Para certos especialistas é importante distinguir entre o impacto no número de casos e o impacto na mortalidade

Abril será o fim previsivel para a primeira fase das vacinas, mas há grupos que, segundo a sociedade, estarão dependentes de uma calendarização ao longo do ano.

A entidade que, entre outros objetivos, promove e divulga a investigação em gestão na saúde, diz que o Ministério da Saúde escolheu para as primeiras vacinas os profissionais dos hospitais centrais como estratégia de confiança, mas admite que a decisão deverá permitir o funcionamento a 100% das unidades de saúde já no final do mês e a recuperação das consultas, exames e cirurgias do passado ano.

Num caminho para o fim da pandemia que se mostra longo, especialistas e sociedade portuguesa de gestão da saúde alertam para a impossibilidade de baixar a guarda no combate à covid-19.