Coronavírus

Covid-19. Escócia volta ao confinamento total 

RUSSELL CHEYNE

Medida deverá estar em vigor até ao final de janeiro.

Saiba mais...

A Escócia vai entrar em confinamento total a partir da meia-noite desta terça-feira, para fazer face ao aumento de casos de covid-19.

A medida foi anunciada esta segunda-feira pela primeira-ministra, Nicola Sturgeon, que confirmou ao Parlamento escocês que a restrição deverá estar em vigor até ao final de janeiro.

A medida serve para ajudar a diminuir a pressão sentida nos hospitais e cuidados intensivos.

O confinamento total é semelhante ao imposto durante a primeira vaga da pandemia e prevê que as pessoas só possam sair por "razões essenciais". Os escoceses podem sair para fazer exercício, mas só se podem encontrar com uma pessoa de outro agregado familiar. As escolas continuarão encerradas até fevereiro.

De acordo com a primeira-ministra escocesa, este novo confinamento serve para que a situação na Escócia "não se deteriorasse" como em Inglaterra.

Nicola Sturgeon diz mesmo que, neste momento, a situação epidemiológica na Escócia é a mais preocupante desde março. A líder adianta ainda que a nova variante do SARC-CoV-2 é responsável por metade dos novos casos no território.

  • 2:19