Coronavírus

Covid-19. Cerca de 10 milhões de pessoas nos EUA já receberam primeira dose da vacina

POOL New

Os EUA querem vacinar 100 milhões de pessoas nos primeiros três meses do ano.

Especial Coronavírus

Cerca de 10 milhões de pessoas nos Estados Unidos da América (EUA), o país mais afetado a nível global pela atual pandemia, já receberam a primeira dose da vacina contra a doença covid-19, anunciaram esta quarta-feira as autoridades sanitárias norte-americanas.

Após um mês do lançamento da maior campanha de vacinação da história do país, este número representa apenas cerca de 3% da população norte-americana, de acordo com as mesmas fontes.

De acordo com os especialistas, a imunidade de grupo é alcançada quando cerca de 75% da população está vacinada.

EUA querem vacinar 100 milhões de pessoas nos primeiros três meses do ano

Os EUA têm como meta oficial a imunização de 100 milhões de pessoas antes do final do primeiro trimestre de 2021, no final de março, daqui a cerca de dois meses e meio.

Na passada sexta-feira, o Presidente norte-americano eleito, Joe Biden, chegou a afirmar que a distribuição das vacinas contra a covid-19 por parte da administração Trump está a ser uma farsa.

"As vacinas dão-nos esperança, mas a distribuição tem sido uma farsa", afirmou Biden, que irá tomar posse no dia 20 de janeiro, citado pela agência France-Presse (AFP).

Neste momento, duas vacinas, Pfizer/BioNTech e Moderna, estão autorizadas nos Estados Unidos.

As duas vacinas são administradas em duas doses, com um intervalo de tempo de três ou quatro semanas, respetivamente.

No total, mais de 29,3 milhões de doses foram distribuídas em diferentes estados norte-americanos, segundo informações disponibilizadas pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças, a principal agência federal de saúde pública dos EUA.