Coronavírus

Comércio local receia impacto de novo confinamento

Filipe Ferreira

Filipe Ferreira

Repórter de Imagem

Domingos Ferreira

Editor de Imagem

Muitos comerciantes criticam exceções às medidas e receiam não resistir a mais um mês de confinamento.

Especial Coronavírus

As ruas têm movimento, mas as lojas em Lisboa estão praticamente vazias. Os bens não essenciais parecem ter cada vez menos procura, numa altura em que a regra é ficar em casa.

Na véspera de fechar portas o comércio local de bens não alimentares receia estar em risco. Assumem mesmo que não sabem se voltam a abrir portas

Muitos comerciantes consideram também que os sacrifícios não são iguais para todos e queixam-se de medidas adotadas à pressa.