Coronavírus

Stayaway Covid. Um dos maiores fracassos na luta contra a covid-19?

Apenas 2.700 códigos foram inseridos na aplicação.

Especial Coronavírus

A aplicação Stayaway Covid, apresentada há pouco mais de quatro meses, foi descarregada quase três milhões de vezes. Apesar desde número, só foi usada, até agora, para enviar pouco mais de 2.700 códigos de alerta de contágio.

Aos poucos, a aplicação que António Costa quis tornar obrigatória, começa a desaparecer do discurso do primeiro-ministro. No ano passado, António Costa disse que era um dever cívico descarregar a aplicação, que acabou por se afundar em polémica depois da intenção de a tornar obrigatória.

Quatro meses e meio depois de ter sido lançada, e apesar das garantias de segurança de total anonimato na partilha de dados, o impacto na luta contra a covid é residual.

Desde que ficou disponível, até dia 12 de janeiro, de acordo com os dados mais recentes enviados à SIC a partir do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, foi descarregada quase 3 milhões de vezes, mas só 40% destas aplicações se encontram ativas.

Ao longo deste período foram gerados pelos médicos 11.381 códigos e, deste total, foram inseridos nesta aplicação por iniciativa dos utilizadores apenas 2.708 códigos.

Sem grande sucesso cá dentro, a Stayaway poderá em breve ficar ligada às congéneres europeias. Ao que a SIC apurou, os testes arrancam ainda este mês.