Coronavírus

Conferência Episcopal Portuguesa suspende realização de missas

Amir Cohen

Também todas as atividades pastorais, como a catequese, serão suspensas.

Saiba mais...

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) suspendeu a celebração de missas a partir de sábado, dia 23 de janeiro, reconhecendo que "é um imperativo moral para todos os cidadãos, e particularmente para os cristãos, ter o máximo de precauções sanitárias para evitar contágios".

Para além da Eucaristia, também todas as atividades pastorais, como a catequese, serão suspensas.

"A Conferência Episcopal Portuguesa determina a suspensão da celebração "pública" da Eucaristia a partir de 23 de janeiro de 2021, bem como a suspensão de catequeses e outras atividades pastorais que impliquem contacto, até novas orientações", pode ler-se em comunicado.

Quanto a cerimónias fúnebres e funerais recomendam que "devem ser celebradas de acordo com as orientações da Conferência Episcopal de 8 de maio de 2020 e das autoridades competentes".

As dioceses das regiões autónomas dos Açores e da Madeira darão orientações próprias.

Anteriormente, a CEP já tinha anunciado a suspensão ou adiamento de todas as celebrações de batismos, crismas e casamentos.

Marcelo de acordo

O Presidente da República concorda com a decisão da igreja católica em suspender as missas.

  • O exemplo inglês 

    Opinião

    Na década de oitenta, as tragédias de Heysel Park primeiro e de Hillsborough depois, atiraram a credibilidade do futebol inglês para a sarjeta.

    Duarte Gomes