Coronavírus

Vacinação indevida. PSD de Portimão vai apresentar moção de censura a autarca

Autarca de Portimão investigada pelo Ministério Público.  

O PSD de Portimão vai apresentar uma moção de censura à presidente da Câmara. A oposição acusa Isilda Gomes de ter agido de forma imoral ao ser vacinada indevidamente contra a covid-19.

O caso da autarca está entre os 33 que estão a ser investigados pelo Ministério Público. Uma lista que inclui outros dois autarcas: Carlos Castro, vereador da Proteção Civil de Lisboa, que se demitiu depois de ter sido vacinado com sobras de vacinas dos lares; e José Calixto, autarca de Reguengos de Monsaraz, que alegou ter tomado a vacina na qualidade de presidente de uma fundação que gere um lar, onde se registou um dos maiores surtos de covid-19 do país.