Coronavírus

Israel reabre: quem não foi vacinado fica de fora

Ginásios, lojas ou museus voltaram a funcionar, mas só entra quem estiver vacinado. O controlo é feito através de um "passaporte verde" que tem gerado muitas críticas e levantado questões legais e éticas.

Saiba mais...

Em Israel, piscinas, ginásios, hotéis e centros comerciais reabriram, mas apenas para os que estiverem vacinados.

O país criou uma espécie de passaporte que permite identificar quem já recebeu a vacina.

Apesar do ânimo dos que, finalmente, começam a regressar à normalidade, a medida tem gerado muitas críticas e levanta algumas questões legais e éticas.

O país, que lidera a vacinação no mundo, enfrenta também a resistência de muitos cidadãos para tomar o imunizante.