Coronavírus

Covid-19. Israel volta à normalidade com "passaporte verde" que dá liberdade de circulação

Correspondente SIC

Reportagem do correspondente da SIC no Médio Oriente, Henrique Cymerman.

Saiba mais...

Israel, o país que mais avançado está em todo o mundo no processo de vacinação contra a covid-19 está a regressar gradualmente à normalidade, depois de três confinamentos no último ano.

Milhões de israelitas já vacinados podem agora obter um certificado que lhes permite ter acesso a todos os lugares públicos, como ginásios, piscinas, teatros, centros comerciais e hotéis que já começaram a abrir.

A reportagem é do correspondente da SIC no Médio Oriente, Henrique Cymerman, que nos mostra como conseguiu o passaporte verde.

Há ainda 300.000 pessoas com mais de 50 anos que resistem a ser vacinadas porque temem os efeitos secundários, especialmente ultraortodoxos, árabes e uma pequena parte dos professores.

O Ministério da Saúde criou uma unidade especial para lutar contra as notícias falsas.

Netanyahu, que voltou a ser candidato a primeiro-ministro, usa o processo de vacinação como a sua grande arma eleitoral. Promete que até abril grande parte da população com mais de 16 anos vai ser vacinada.