Coronavírus

Um ano de pandemia em Portugal: "A ideia de que as tragédias não se repetem é falsa"

António Costa avisa que o país não pode repetir os erros que conduziram ao que considera ter sido um "trágico" mês de janeiro.

Saiba mais...

No dia em que se assinala um ano de pandemia em Portugal, o primeiro-ministro fez um veemente apelo à manutenção da disciplina individual para a contenção da covid-19.

António Costa avisa que o país não pode repetir os erros que conduziram ao que considera ter sido um "trágico" mês de janeiro e que é "fundamental" que se mantenha "na memória o que aconteceu".

"As tragédias repetem-se quando os seres humanos repetem os erros que produzem essas tragédias."

No final de uma visita ao Hospital Curry Cabral, em Lisboa, o centro hospitalar que mais doentes de covid-19 tratou ao longo do último ano em Portugal, António Costa reafirmou que o combate à pandemia deve ser feito fora dos hospitais.

"Apelo ao sentido cívico de todos para que mantenhamos com enorme rigor este confinamento. Sei que o cansaço se vai acumulando, sei que as necessidades vão aumentando com o risco de destruição de emprego e de empresas. Tudo isso pressiona", afirmou.

  • 16:26