Coronavírus

França pode bloquear exportação de vacinas. Variante britânica representa 46% dos casos na Alemanha

Uma ronda pela pandemia na Europa.

Saiba mais...

Em França, um dos países mais atingidos pela pandemia na Europa, as vacinas vão começar a ser administradas também nas farmácias.

O objetivo é chegar ao verão com 30 milhões de pessoas vacinadas contra a covid-19.

O Governo admite ainda bloquear a exportação de vacinas para fora da Europa, uma medida já adotada em Itália.

"Escassez de vacinas e atrasos nos fornecimentos" fooram as razões apresentadas pelo Governo italiano para travar a saída de um lote da AstraZeneca que tinha produzido no país e que tinha como destino a Austrália.

Na Alemanha, a variante britânica já representa 46% das infecções. Para travar o aumento de casos, o país vai prolongar a maior parte das restrições pelo menos até final de março.

Depois da Alemanha, de França e de outros países comunitários, também a Dinamarca decidiu estender o uso da vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos.

  • "Quando cheguei ao hospital estava a ter um enfarte"

    Olhar pela Saúde

    Anos a fio de uma alimentação à base de gorduras e excesso de sal, tabagismo e sedentarismo fizeram com que José Santos fosse parar a uma cama de hospital aos 48 anos. O diagnóstico: enfarte agudo do miocárdio provocado por colesterol elevado e hipertensão arterial. Vários hábitos tiveram de mudar e as idas ao médico passaram a ser mais frequentes.

    Exclusivo Online

    Bárbara Ferreira

  • 2:33