Coronavírus

Guterres acusa países ricos de guardarem vacinas e de não as partilharem com nações mais pobres

Secretário-geral da ONU pede "vacinas sejam consideradas um bem público ao nível mundial". 

Saiba mais...

António Guterres diz que o sistema de distribuição de vacinas contra a covid-19 é injusto.

O secretário-geral das Nações Unidas acusa os países mais ricos de guardarem doses acima das necessidades e de não as partilharem com as nações mais pobres. Pede, por isso, que as "vacinas sejam consideradas um bem público ao nível mundial".

Em entrevista à canadiana CBC, Guterres lamenta ainda que o COVAX, o sistema internacional de distribuição de vacinas, que ajuda as nações mais desfavorecidas, se encontre em dificuldades.

O secretário-geral da ONU realça que a vacinação global é decisiva para se sair da pandemia e para a recuperação da economia mundial.