Coronavírus

Covid-19. Dinamarca "empresta" 55 mil vacinas da AstraZeneca à Alemanha

Vadim Ghirda

O país tem um 'stock' de 200 mil doses da AstraZeneca.

Saiba mais...

A Dinamarca anunciou na terça-feira que ia "emprestar" 55 mil doses da vacina da AstraZeneca ao Estado alemão vizinho Schleswig-Holstein, depois de a ter retirado do seu programa de vacinação, por receio dos efeitos secundários.

"Depois de um pedido do ministro-presidente do Schleswig-Holstein, o governo decidiu colocar 55 mil doses da vacina AstraZeneca à disposição das regiões fronteiriças", declarou o Ministério dos Negócios Estrangeiros dinamarquês, em comunicado. "As doses serão restituídas segundo um calendário que foi acordado", acrescentou-se.

A Dinamarca é o primeiro país europeu a ter anunciado, na semana passada, o abandono da vacina da AstraZeneca contra o novo coronavirus, justificando a escolha radical pelos efeitos secundários "raros", mas "graves", apesar da autorização do regulador europeu e da Organização Mundial da Saúde para a sua utilização.

O país nórdico continua a sua campanha de imunização apenas com as vacinas Pfizer/BioNTech e Moderna e indicou que poderia reintroduzir a vacina da AstraZeneca, "se a situação mudar".

O país tem um 'stock' de 200 mil doses da AstraZeneca.

A Alemanha, que recomendou a AstraZeneca para as pessoas com mais de 60 anos, está a confrontar-se com uma terceira vaga de infeções com o novo coronavirus.

  • 1:55