Coronavírus

Covid-19. Milhares de pessoas nas ruas sem distanciamento para apoiar Bolsonaro no Brasil

A situação da pandemia no mundo.

Saiba mais...

No Brasil, o segundo país com mais mortes por covid-19 no mundo, milhares de pessoas saíram à rua no 1.º de maio, sem máscara nem distanciamento físico, para demonstrar apoio a Jair Bolsonaro.

Aconteceu numa altura em que o congresso investiga eventuais falhas na forma como o governo federal tem gerido a pandemia.

Em Paris, o dia do trabalhador foi aproveitado por centenas de pessoas para participar numa festa ilegal. A polícia usou balas de borracha e gás lacrimogéneo para dispersar a multidão. Três pessoas foram detidas, incluindo o organizador da festa.

Na China, na cidade onde o virus emergiu no início do ano passado, voltou a celebrar-se o maior festival de musica ao ar livre do país. Apesar das limitações de público, milhares estiveram em Wuhan, de onde o virus foi já praticamente erradicado.

Por todo o país decorrem nesta altura festivais idênticos. A china reportou 16 novos casos a 30 de abril. O número total de casos ronda os 90 mil e o número de mortes mantém-se inalterado, pouco acima, segundo as autoridades, dos 4.600.