Coronavírus

Imigrantes em Odemira. Governo vai requisitar apenas a parte não privada do Zmar

Proprietários de casas estão contra e exigem garantias de segurança.

Saiba mais...

O Governo esclareceu que a requisição temporária do Zmar para alojar imigrantes que precisam ficar em quarentena aplica-se apenas à parte não privada do empreendimento.

Mas os proprietários de casas são contra, pelo menos, enquanto não estiverem garantidas as condições de segurança sanitária.

Os proprietários dizem que não foram ouvidos no processo e vão avançar com uma ação judicial contra a decisão do Governo de usar o empreendimento usado para alojar trabalhadores de risco.

A autarquia lembra que há outros espaços que já foram usados no ano passado para colocar pessoas em quarentena.

Entretanto, os trabalhadores imigrantes de Odemira que habitam em casas sobrelotadas começaram esta terça-feira a ser testados.