Coronavírus

Covid-19. Marcelo anuncia fim do cordão sanitário em Odemira

Presidente da República antecipa anúncio do primeiro-ministro.

Saiba mais...

O Presidente da República antecipou esta terça-feira que o Governo vai levantar a cordão sanitário nas duas freguesias de Odemira, com efeito imediato.

Marcelo Rebelo de Sousa explica que na base da decisão estão dois acordos que vão ser assinados esta tarde por António Costa.

As freguesias de Longueira-Almograve e São Teotónio, em Odemira, estão com cordão sanitário, desde 30 de abril, por causa da elevada incidência de covid-19, sobretudo devido aos casos entre trabalhadores do setor agrícola, muitos deles imigrantes.

Na quinta-feira, em Conselho de Ministros, o Governo decidiu manter a cordão sanitário, mas com "condições específicas de acesso ao trabalho".

A entrada ou saída das freguesias para o "exercício de atividades profissionais" e para o "apoio a idosos, incapacitados ou dependentes e por razões de saúde ou por razões humanitárias" depende da apresentação de comprovativo de teste PCR negativo realizado nas 72 horas anteriores ou teste rápido antigénio negativo realizado nas 24 horas anteriores.

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia