Coronavírus

Covid-19. Eventos familiares continuam com lotação limitada durante o verão

ANTÓNIO PEDRO SANTOS

Segundo o novo plano de desconfinamento da pandemia a lotação dos recintos não pode exceder os 50%.

Os eventos familiares vão continuar a poder realizar-se apenas com um número limitado de pessoas durante o verão, segundo o novo plano de desconfinamento da pandemia, que prevê que a lotação dos recintos não possa exceder os 50%.

A restrição da lotação em eventos como casamentos e batizados torna-se, no entanto, mais severa, passando para 25% da capacidade dos recintos, nos concelhos que em duas avaliações consecutivas registem uma taxa de incidência de casos de infeção com SARS-Cov-2 por cem mil habitantes nos últimos 14 dias superior a 240 casos, ou superior a 480 casos nos concelhos de baixa densidade populacional. A possibilidade de restringir a lotação de eventos familiares a 25% passará a ser aplicada a partir de 14 de junho.

As medidas para os próximos meses foram anunciadas esta quarta-feira pelo primeiro-ministro, António Costa, no final da reunião do Conselho de Ministros, que definiu novas regras para o processo de desconfinamento no quadro da pandemia de covid-19.

De acordo com o plano do Governo para o período do verão, a restrição de 50% de lotação nos eventos familiares vigorará até ao final de agosto.

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros