Coronavírus

Covid-19. Rússia contabiliza maior número de infeções desde janeiro

É o quinto dia consecutivo em que são ultrapassados novos máximos.

Saiba mais...

A Rússia contabiliza quase 700 mortes e mais de 24.500 novos casos em 24 horas. Trata-se do maior número de infeções por covid-19.

Desde o mês passado, numa altura em que só estava vacinada cerca de 16% da população, os número de casos positivos têm aumentado.

Em algumas regiões, as autoridades estão agora a adotar estratégias de incentivo à vacinação e estão também a administrar a terceira dose a quem já foi vacinado há mais de 6 meses.

Em Israel, casos diários podem chegar aos 1.000 em breve

Em situação inversa, no que diz respeito à vacinação está Israel, com quase 60% da população já imunizada.

Ainda assim, os novos casos de covid-19 estão a disparar, passaram de cerca de 10 casos diários para 300 e as estimativas admitem chegar aos 1.000 casos por dia na próxima semana, mas para já com internamentos e mortes muito abaixo dos valores críticos já registados.

Brasil regista piores número de casos covid-19 do Mundo

Já o Brasil, continua a ser o país com mais mortes e casos de covid-19.

Nas últimas 24 horas, morreram 1.857 pessoas e registaram-se mais de 65.000 novos casos.

Espanha volta a estar em risco elevado de contágio

Na Europa, Espanha está novamente numa fase crítica.

De acordo com o Ministério espanhol da Saúde, o país volta a ter um risco elevado de contágios com a incidência acumulada acima dos 150 casos por 100.000 habitantes nas últimas duas semanas.

Entre os jovens de 20 e 29 anos, o nível de contágios está muito acima. Há 450 infetados por cada 100.000 habitantes.

Casos aumentam 46% no Reino Unido numa semana

No Reino Unido, o número de infeções com esta variante inicialmente registada na índia, aumentou 46 por cento desde a semana passada para um total de mais de 161 mil casos.

Veja também: