Coronavírus

Maioria das informações falsas sobre a pandemia teve origem em apenas 12 pessoas

São médicos, naturalistas, fisioterapeutas, fanáticos religiosos e até um sobrinho do ex-Presidente John F. Kennedy.

Saiba mais...

A grande maioria das fake news sobre a covid-19 teve origem em apenas 12 pessoas. Uma investigação da organização internacional Centro de Combate ao Ódio Digital concluiu que essas 12 pessoas foram as responsáveis por 73% de informações falsas publicadas no Facebook sobre as vacinas.

São eles médicos, naturalistas, fisioterapeutas, fanáticos religiosos e até um sobrinho do ex-Presidente John F. Kennedy. Têm em conjunto mais de 59 milhões de seguidores em todo o mundo e, segundo o Centro de Combate ao Ódio Digital, são os responsáveis pela grande maioria das teorias anti vacinas.

A investigação foi divulgada pelo jornal britânico The Guardian que conta por exemplo que, numa publicação no Facebook de Robert Kennedy Jr., estava escrito que a 5G estaria na origem da pandemia. A publicação correu mundo, tendo sido partilhada milhões de vezes.

  • 4:21