Coronavírus

Covid-19: Bruxelas recomenda que maiores de 12 anos sigam regras dos adultos para viajar

Crianças com mais de 12 anos devem apresentar um teste, certificado de recuperação ou certificado de vacinação.

Bruxelas avança com novas recomendações de viagens e propõe que o certificado de vacinação seja válido apenas nove meses após a toma da segunda dose.

A União Europeia quer que os países acelerem a dose de reforço. Quem não a tomar, corre o risco de ver o certificado de vacinação caducar.

"Os Estados Membros devem aceitar os certificados de vacinação até aos nove meses após a primeira série de vacinação. Após os nove meses, o certificado não será reconhecido sem a dose de reforço", disse o comissário da Justiça, Didier Reynders.

As recomendações de Bruxelas alargam-se às viagens em família. As crianças até aos seis anos devem viajar sem restrições, mas os maiores de 12 devem seguir as regras dos adultos - tomar a vacina ou fazer um teste à covid-19.

SAIBA MAIS

► ESPECIAL CORONAVÍRUS