Coronavírus

Covid-19: lares que dificultam saída de idosos podem estar a incorrer num crime

Covid-19: lares que dificultam saída de idosos podem estar a incorrer num crime

O constitucionalista Paulo Otero admite que libertar a liberdade dos idosos pode constituir um crime.

Existem lares de idosos que contrariam as orientações da Direção-Geral de Saúde (DGS): dificultam a saída de idosos e condicionam as visitas dos familiares. Estas limitações podem configurar um crime.

A DGS aliviou as medidas de restrição, mas muitos lares de idosos fazem as próprias regras. Apesar das preocupações sobre surtos em lares, os especialistas questionam-se sobre o bem-estar e saúde mental dos idosos.

O constitucionalista Paulo Otero admitiu, ao Jornal de Notícias, que limitar a liberdade dos idosos pode constituir um crime.

As orientações da DGS são claras, mas o que a realidade mostra é que, aparentemente, são lidas conforme o interesse ou circunstância de cada instituição. Não há uniformização, por isso, os idosos e as famílias continuam a pagar esta elevada fatura.

Saiba mais:

Últimas Notícias
Mais Vistos