Crise Migratória na Europa

Marrocos impede entrada de 10 migrantes em Ceuta

A tentativa de entrar em Espanha levou a Guarda Civil espanhola a destacar um dispositivo especial para a zona.

A polícia marroquina impediu às primeiras horas da tarde desta segunda-feira a chegada a Ceuta de uma dezena de migrantes, ao mesmo tempo que a Guarda Civil espanhola ativou um dispositivo especial de controlo na zona.

Fontes policiais adiantaram à agência noticiosa espanhola EFE que a tentativa de entrada em Ceuta ocorreu junto ao gradeamento fronteiriço de Tarajal, onde se tinham concentrado dezenas de pessoas do lado marroquino.

Pelo menos uma dezena de marroquinos entraram na água com o intuito de nadar até ao lado espanhol, mas todos eles foram intercetados pela polícia marroquina.

A tentativa de entrar em Espanha levou a Guarda Civil espanhola a destacar um dispositivo especial para a zona, face à possibilidade de aumentar o número de tentativas de entrada em Ceuta.

O incidente de hoje é o primeiro que ocorre desde a crise migratória de 17 e 18 deste mês, quando mais de 9.000 pessoas conseguiram entrar em Ceuta contornando o gradeamento de Tarajal.