Crise Migratória na Europa

Presidente francês quer cooperação para combater redes de traficantes nos fluxos migratórios

Correspondente SIC

Londres e Paris assumem urgência em unir esforços e impedir travessias ilegais.

O Presidente francês quer mais cooperação europeia no combate as redes de traficantes envolvidas nos fluxos migratórios, depois do naufrágio, no Canal da Mancha, em que morreram pelo menos 27 migrantes que tentavam chegar ao Reino Unido.

Apesar da tragédia de quarta-feira ao largo de Calais, onde um naufrágio fez pelo menos 27 mortos, dezenas de migrantes continuam a chegar às praias do sul de Inglaterra.

Esta quinta-feira de manhã, as autoridades britânicas resgataram cerca de 40 pessoas no Canal da Mancha.

Londres e Paris admitiram na quarta-feira que há "urgência" em aumentar os esforços conjuntos para impedir as travessias ilegais de migrantes no Canal da Mancha.