Crise na Venezuela

Bolsa de Valores de Caracas suspende atividade

Carlos Garcia Rawlins

O anúncio foi feito pelo presidente do conselho de administração da Bolsa de Valores.

"Devido a desenvolvimentos em todo o país, o conselho de administração da bolsa de valores, em defesa dos seus funcionários, mercado e investidores suspende as atividades (... ) até novo aviso.

A mensagem é assinada pelo presidente Gustavo Pulido.

A Venezuela está a viver um Golpe de Estado. Juan Guaidó, reconhecido por meia centena de países, anunciou esta terça-feira que os militares deram "finalmente de vez o passo" para o acompanhar e conseguir "o fim definitivo da usurpação" do Governo do Presidente Nicolás Maduro.

"O 01 de maio, o fim definitivo de usurpação começou hoje", disse Guaidó num vídeo publicado na sua conta na rede social Twitter, no qual está acompanhado por um grupo de soldados na base de La Carlota, a leste de Caracas.

O Governo do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou, por seu lado, que está a enfrentar um golpe de Estado, de "um reduzido grupo de militares traidores" que estão a ser neutralizados.

Com Lusa