Eleições Legislativas

Legislativas: médicos querem horários e locais próprios para isolados e escusa de responsabilidade

20.01.2022 11:22

FILE – A woman wearing a face mask folds her ballot at a polling station in Lisbon, to vote in Portugal’s presidential election, Jan. 24, 2021. Political leaders in Portugal said Wednesday, Jan. 5, 2022, they are trying to figure out how to hold a general election scheduled for Jan. 30 amid a surge in COVID-19 cases that is confining hundreds of thousands of potential voters to their homes. (AP Photo/Armando Franca, File)

Pedidos são da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública.

Os médicos de saúde pública recomendam horários e locais próprios de votação nas legislativas para quem está em isolamento, para evitar cruzamento de pessoas, e sugerem escusa de responsabilidade civil até final de fevereiro.

Num comunicado divulgado depois de o Governo ter anunciado que as pessoas isoladas por causa da covid-19 vão poder ir votar presencialmente nas eleições legislativas de dia 30, a Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) sublinha o “precedente evitável” da quebra do isolamento e diz que esta situação vai “condicionar novas dificuldades ao exercício profissional dos médicos de saúde pública”.

“Somando-se à insuficiência de recursos e soluções logísticas para dar resposta ao número de casos de infeção SARS-CoV-2/covid-19 causados pela variante Ómicron, irá recomendar a todos os seus associados que peçam escusa de responsabilidade civil no seu exercício profissional e todos os conflitos legais decorrentes de atos de Autoridade de Saúde até ao final do mês de fevereiro de 2022”, sublinha a nota.

Últimas Notícias
Mais Vistos