Eleições Legislativas

Catarina Martins diz que resultado do BE é uma “derrota”

30.01.2022 22:49

epa09718965 Left Block (BE) leader Catarina Martins reacts about the results of the Legislative Elections 2022 in Portugal, at the party campaign headquarters in Lisbon, Portugal, 30 January 2022. More than 10 million voters living in Portugal and abroad were called to vote 30 January on the electoral roll to choose the 230 deputies for the Portuguese Parliament after the Parliament rejected the minority socialist government’s 2022 state budget in November. EPA/JOÃO RELVAS

Coordenadora do Bloco de Esquerda fala em “campanha de enorme pressão ao voto útil”.

A coordenadora do Bloco de Esquerda afirma que o resultado do partido nas eleições legislativas é “mau” e uma “derrota”.  

“É um dia difícil e um mau resultado com que saberemos viver e saberemos responder ao nosso mandato.”

Num discurso após as projeções, fala numa “crise artificial criada por António Costa para ter uma maioria absoluta. 

Diz que foi uma “campanha muito difícil”, de “bipolarização falsa” e “enorme pressão de voto útil, que penalizou os partidos mais à esquerda”. 

Catarina Martins considera ainda que foi um mau resultado por causa “do resultado que teve a extrema-direita e o Chega”.  

“Cada deputado racista eleito no Parlamento português é um deputado a mais e cá estaremos para os combater todos os dias.” 

Sobre a possibilidade de reunir com António Costa, a coordenadora do BE não nega, mas considera que “tudo indica que o PS terá maioria absoluta”. 

RESULTADOS ELEIÇÕES LEGISLATIVAS 2022

Últimas Notícias