Eleições nos EUA

O que quer Donald Trump fazer no próximo mandato?

Tom Brenner

Ir a Marte, ensinar o excecionalismo americano nas escolas e levar grupos como a Antifa à justiça são alguns dos objetivos de Donald Trump para os próximos quatro anos. Já para 2020, promete uma vacina contra a Covid-19. Sob o slogan "A lutar por si", o atual Presidente dos EUA apresenta uma lista dezenas de tópicos, sem quaisquer detalhes, onde ao lado da Educação, da Saúde e da Imigração estão as preocupações com a China.

Donald Trump pretende continuar com o mote "América Primeiro" e quer dar seguimento a algumas das medidas que aplicou no último mandato. As propostas relativas à Economia, ao Ambiente e à Imigração vão manter-se, mas há mudanças e pontos a acrescentar, por exemplo, no que toca à Justiça e à Saúde.

Numa nota publicada no site da campanha, o partido republicano apresenta 54 pontos - divididos em 11 tópicos principais e sob o slogan "Presidente Trump: A lutar por si!" - com propostas gerais, sem quaisquer detalhes.

Dez milhões de empregos em 10 meses

À procura do segundo mandato, Donald Trump tem pela frente um país fortemente afetado pela pandemia, na Saúde e na Economia.

O atual Presidente dos americanos tem, por isso, como uma das principais apostas a recuperação do setor económico. Uma das promessas é criar 10 milhões de novos empregos em 10 meses.

Cortar nos impostos também faz parte da lista de Trump.

Na Saúde, o destaque é dado à covid-19. A vacina contra a doença pronta a administrar ainda em 2020 é uma garantia deixada pelo partido republicano.

Pode ler-se também no documento que o objetivo é "voltar ao normal em 2021", no que diz respeito às medidas de distanciamento social.

Do excecionalismo americano aos grupos extremistas violentos na justiça

Quanto ao tema da Educação, Donald Trump promete que será ensinado nas escolas o excecionalismo americano, que se refere "à crença dos EUA na sua singularidade e missão universal".

A agenda do partido republicano também reflete sobre a imigração e aponta como prioridade o desmantelamento de redes de tráfico humano. Ainda neste tópico, Trump defende que os imigrantes têm de ser capazes de se sustentar sozinhos financeiramente.

Na área da proteção policial, o objetivo é levar "grupos extremistas violentos como a ANTIFA à justiça", assim como de acabar com as reformas da fiança sem dinheiro, de forma a manter os suspeitos na prisão até ao julgamento.

Ir a Marte, “viver” na Lua e apontar “armas” à China

No tópico a que os republicanos chamaram de "futuro", os objetivos são claros: "lançar a Força Espacial, estabelecer uma presença tripulada permanente na Lua e enviar a primeira missão tripulada a Marte".

Donald Trump quer ainda proteger os interesses comerciais dos Estados Unidos, por isso promete recuperar um milhão de postos de trabalho à China.

Além disso, o Presdente dos EUA mantém a ideia de provar que a China é responsável pela propagação do novo coronavírus pelo mundo inteiro.

Acompanhe o especial Eleições nos EUA para mais informações. Nos próximos dias vamos publicar vários conteúdos.