Eleições nos EUA

Eleições nos EUA. "É praticamente impossível que haja um vencedor nas próximas 24 horas"

Em direto de Washington os enviados especiais da SIC aos Estados Unidos fazem o ponto da situação.

As sondagens indicam que Joe Biden é favorito, mas a verdade é que ainda tudo é possível nesta eleição.

Ricardo Costa começa por explicar que a fase final da campanha de Donald Trump foi "bastante favorável". O candidato republicano fazia quatro a cinco comícios por dia e concentrou a mensagem em poucos pontos, sobretudo na economia, lei e segurança e na "ideia de que ele é que é o candidato que preserva os verdadeiros valores americanos".

Este final de campanha permitiu a Donald Trump subir nas sondagens em alguns estados, "mas é preciso que tudo lhe corra muito bem para conseguir inverter a tendência" dos últimos meses.

Os resultados das eleições podem não estar fechados na quarta-feira de manhã, como explica Ricardo Costa.

As regras de contagem mudam de estado para estado. Um estado como a Pensilvânia, por exemplo, só pode começar a contar votos, que chegaram por correspondência, quando toda a gente acabar de votar presencialmente.

"Hoje vamos ter seguramente alguns resultados e a não ser que haja uma vitória esmagadora (...) é praticamente impossível que haja um vencedor nas próximas 24 horas."

ACOMPANHE O TRABALHO DOS ENVIADOS DA SIC AOS EUA AQUI

  • 15,618

    Opinião

    É este o número oficial de árbitros e juízes federados que existem em Portugal, de acordo com a última informação disponível (de 2018).

    Duarte Gomes