Eleições nos EUA

Biden e Trump separados por margens mínimas nos estados decisivos

Donald Trump exigiu a suspensão da contagem dos votos.

Sem apresentar evidências, Donald Trump afirmou haver fraude nas eleições norte-americanas e exigiu a suspensão da contagem dos votos em várias estações de voto.

O impasse mantém-se e a tensão no país aumenta. A eleição mais concorrida do último século ameaça tornar-se numa longa batalha judicial.

Nesta altura, a diferença que separa os dois candidatos está a diminuir nos 5 estados, Arizona, Geórgia, Nevada, Pensilvânia e Carolina do Norte, que vão decidir o nome do próximo Presidente dos Estados Unidos.

Para já, o candidato democrata lidera no Nevada e no Arizona e, de acordo com várias projeções, deverá vencer no Michigan e no Wisconsin.

Já na Pensilvânia, que sozinha vale 20 votos no Colégio Eleitoral, Donald Trump está em vantagem.

Joe Biden tornou-se o candidato presidencial mais votado de sempre, com mais de 70 milhões de boletins.


VEJA MAIS NO ESPECIAL ELEIÇÕES NOS EUA