Eleições nos EUA

Presidente da República saúda Biden e espera que relações se continuem a estreitar

TIAGO PETINGA

Marcelo fala também de uma reaproximação entre Europa e EUA.

O Presidente da República português saudou este sábado o anunciado vencedor das eleições dos Estados Unidos, Joe Biden, e disse esperar que as relações entre os dois países se continuem "a estreitar no futuro".

Marcelo Rebelo de Sousa "saúda Joe Biden, Presidente-eleito dos EUA, de acordo com os resultados eleitorais anunciados".

"Com a certeza que as relações entre Portugal e os Estados Unidos da América, com mais de duzentos anos de história, se continuarão a estreitar no futuro, a bem dos dois Países e de todos os seus cidadãos, nomeadamente o milhão e meio de Portugueses e luso-descentes que ali vivem", refere.

"Mais espera, também, um aprofundamento das relações entre a União Europeia e os EUA, bem como no quadro da Nato", acrescenta o chefe de Estado.

O candidato democrata Joe Biden foi hoje anunciado como vencedor das eleições presidenciais de 3 de novembro segundo projeções da 'media' norte-americana.

Segundo essas projeções, Biden totaliza 284 "Grandes Eleitores" do Colégio Eleitoral, derrotando o candidato republicano e atual Presidente Donald Trump.

A posse de Biden como 46.º Presidente dos Estados Unidos está marcada para 20 de janeiro de 2021.

SIGA AQUI MINUTO A MINUTO AS ELEIÇÕES NOS EUA

  • Não estou de acordo

    Opinião

    Não estou de acordo com métodos medievais para enfrentar uma pandemia. Se os vírus evoluíram, a organização da sociedade também deveria ter evoluído o suficiente para os combater de outra forma. O recolher obrigatório é próprio dos tempos obscuros e das sociedades não democráticas. Proibir as pessoas de circular na rua asfixia a economia e não elimina a pandemia.

    José Gomes Ferreira