Eleições nos EUA

Eleições nos EUA: Trump bloqueia mensagens de líderes mundiais enviadas a Biden

Andreia Melo

Andreia Melo

Jornalista

CNN avança que Departamento de Estado, responsável pela transição entre administrações, tem bloqueado mensagens recebidas desde sábado.

Donald Trump continua sem aceitar o resultado das eleições presidenciais e está a fazer todas as manobras possíveis para se manter no cargo.

Depois de recusar assinar os papéis que dão início à transição entre administrações, o Governo do ainda Presidente tem estado a bloquear mensagens enviadas para Joe Biden. A CNN avança que se tratam de mensagens que têm vindo a ser enviadas por vários líderes mundiais desde sábado.

Nos tribunais, Trump continua também a pedir recontagens de votos. Na Geórgia, o processo começará ainda esta semana. A previsão é de que termine até dia 20 de novembro. De momento, ainda há estados a contar votos. Joe Biden aumentou a vantagem para Trump e tem agora mais 5 milhões de votos do que o ainda Presidente.

Biden vai preparando o mandato que começa oficialmente a 20 de janeiro de 2021. Já escolheu o chefe de gabinete. Ron Klain é o homem apontado. O advogado de profissão foi conselheiro de Biden quando este era vice presidente de Obama e senador do estado do Delaware.

Em 2014, Klain coordenou a resposta da Casa Branca ao ébola e tem sido um forte crítico da forma como Donald Trump tem gerido a pandemia.

Joe Biden deverá anunciar nos próximos dias mais nomes para os principais cargos na Casa Branca.

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias