Presidenciais

Ana Gomes: "Parece-me muito perigoso se Marcelo continuar a ser Presidente no pós-Costa"

Candidata à Presidência da República critica Marcelo Rebelo de Sousa.

Ana Gomes, candidata à presidência da República, disse esta segunda-feira que considera Marcelo Rebelo de Sousa o maior instabilizador do Estado, referindo-se às declarações proferidas pelo Presidente da República sobre a morte de Sá Carneiro, num entrevista ao Observador.

Marcelo Rebelo de Sousa revelou, em exclusivo ao Expresso da Meia-Noite, que acreditava que o ex-primeiro-ministro tinha morrido num atentado e não num acidente. Ana Gomes concorda com a tese de Marcelo, mas não deixa de sublinhar que "esta é a maior suspeita que se pode levantar sobre todas as instituições do Estado", defendendo a reabertura do caso.

Sobre o acordo do PSD com o Chega, nos Açores, a socialista refere que não permitiria que isso acontecesse caso fosse Presidente, afirmando que será "muito perigoso" Marcelo Rebelo de Sousa continuar a ser Presidente num cenário político pós-António Costa.

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão