Football Leaks

PGR confirma suspeitas de crimes fiscais no futebol português

Rui Pinto terá sido contactado por inspetores da Autoridade Tributária que estão a colaborar com procuradores do DCIAP.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou hoje à SIC a existência de inquéritos, que estão a ser investigados no Departamento Central de Investigação e Ação do Ministério Público, relacionados com suspeitas de crimes fiscais cometidos no futebol português.

A PGR não diz quantos são os processos de inquérito nem confirma a existência de arguidos constituídos, cuja investigação está a ser coadjuvada por inspectores da Autoridade Tributária.

A SIC sabe que Rui Pinto terá sido contactado por inspectores da Autoridade Tributária que estão a colaborar com procuradores do DCIAP. O primeiro contacto terá ocorrido antes do hacker ter sido detido na Hungria, a 16 de janeiro.

Rui Pinto acabou por responder aos inspetores quando estava em prisão domiciliária

Ao que a SIC apurou, os inpetores da Autoridade Tributária pediram a Rui Pinto ajuda sobre os documentos que o hacker tinha em seu poder. Estes inquéritos não estão relacionados com o processo que levou à extradição de Rui Pinto.

  • Um telemóvel com uma câmara diferente
    4:41