Queda do BES

O relatório do BdP que revela desvio de mais de três mil milhões do BES

Ricardo Salgado e dois administradores do BES terão desviado mais de três mil milhões de euros do extinto Banco Espírito Santo, entre 2009 e 2014, através da Eurofin. As contas da sociedade do Grupo serviriam para pagar a familiares e amigos e para esconder ativos tóxicos. O esquema é explicado na acusação do Banco de Portugal, a que o Expresso teve acesso.