Guerra Rússia-Ucrânia

“Preciso de munições, não de boleia”: Presidente da Ucrânia recusa sair do país

EUA querem retirar Zelensky da Ucrânia para evitar que seja capturado ou morto pelas forças russas.

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, recusou a proposta dos Estados Unidos da América para ser retirado do país. 

“A guerra está aqui. Eu preciso de munições, não de uma boleia”, respondeu Zelensky, de acordo com um oficial da inteligência norte-americana, citado pela agência Associated Press.

O oficial descreveu ainda o Presidente ucraniano como “otimista”.

Zelensky, de 44 anos, escolheu assim ficar na Ucrânia durante a ofensiva militar russa. A família do Presidente já foi retirada do país.

“Vou ficar nos aposentos governamentais com os outros”, disse o líder ucraniano na sexta-feira. “O inimigo designou-me como algo número um e a minha família como alvo número dois.”

Os Estados Unidos já anunciaram que queriam retirar Zelensky da Ucrânia para evitar que fosse capturado ou morto pelas forças russas.

Saiba mais:

Últimas Notícias
Mais Vistos