Guerra Rússia-Ucrânia

Rússia estará a preparar novo ataque a Kiev

28.05.2022 11:10

Opinião

epaselect epa09980041 A view of destroyed apartment blocks in Borodyanka city, near Kyiv (Kiev), Ukraine, 27 May 2022. On 24 February, Russian troops invaded Ukrainian territory starting a conflict that has provoked destruction and a humanitarian crisis. According to the United Nations High Commissioner for Refugees (UNHCR), more than 6.6 million refugees have fled Ukraine, and a further 7.7 million people have been displaced internally within Ukraine since. EPA/OLEG PETRASYUK

O comentador da SIC, José Milhazes, acredita que um ataque contra a capital ucraniana é perfeitamente possível.

A Rússia estará a ponderar um novo ataque a Kiev. A notícia está a ser avançada pelo jornal russo Medusa, que cita fontes próximas de Vladimir Putin. A nova investida deverá contar com mais tropas e o Kremlin fala mesmo num “banho de sangue”. O comentador da SIC, José Milhazes, acredita que um ataque contra Kiev é perfeitamente possível.

Segundo o governo russo, conquistar a capital ucraniana seria considerada uma “vitória máxima”, o mínimo seria a tomada do Donbass, região onde se concentra agora a ofensiva.

O exército ucraniano repeliu uma ofensiva das forças russas na cidade ucraniana de Severodonetsk, no Donbass (leste), forçando-as a recuar, anunciou hoje o governador militar da região de Lugansk, Serhiy Haidai.

“Os russos recuaram para as suas posições anteriores”, escreveu Haidai na rede social Telegram, citado pela agência espanhola EFE.

Haidai disse que os russos sofreram “perdas significativas”, embora tenham conseguido tomar o controlo de um hotel na periferia da cidade.

Desde o início da guerra na Ucrânia, as duas partes têm divulgado informações sobre os combates que, em geral, não podem ser verificadas de forma independente.

SAIBA MAIS

Últimas Notícias