Guerra Rússia-Ucrânia

Descoberta vala comum com corpos de sete civis com sinais de tortura em Bucha

Ukrainians murdered by Russian army lie on a ground after being excavated in a forest near Bucha, Ukraine – June 13, 2022. The bodies were discovered by a patrol of Territorial Defence Forces and were located near tranches built by the Russian army when it occupied the territory. Seven bodies were excavated from a mass grave. Some of the bodies have signs of being tied and shot at. An investigation will follow. (Photo by Dominika Zarzycka/NurPhoto via Getty Images)
Ukrainians murdered by Russian army lie on a ground after being excavated in a forest near Bucha, Ukraine – June 13, 2022. The bodies were discovered by a patrol of Territorial Defence Forces and were located near tranches built by the Russian army when it occupied the territory. Seven bodies were excavated from a mass grave. Some of the bodies have signs of being tied and shot at. An investigation will follow. (Photo by Dominika Zarzycka/NurPhoto via Getty Images)

Algumas imagens desta reportagem podem ser consideradas chocantes.

Na zona de Bucha, perto de Kiev, foi feita mais uma descoberta macabra: uma vala comum com os corpos de sete civis, com ferimentos de bala e braços amarrados. Algumas imagens desta reportagem podem ser consideradas chocantes.

A floresta perto de Bucha nos arredores de Kiev mostra o lado mais macabro da guerra na Ucrânia. Uma nova vala comum revela os sinais da ocupação russa entre fevereiro e março na tentativa falhada de tomar a capital. Sete corpos foram para já exumados com sinais de tortura e violência.

Na capital, já existe uma exposição no Museu de História sobre a guerra, com mísseis, fardas, rações de combate ou os telemóveis deixados para trás pelos soldados russos.

Em Chortkiv, no oeste da Ucrânia, quatro rockets atingiram edifícios residenciais e causaram ferimentos em 23 pessoas entre as quais uma menina de 12 anos, fugida da guerra em Kharkiv, no leste do país.

Em Mariupol, as autoridades russas, que agora controlam totalmente a cidade devastada pela guerra, querem mostrar progressos na reabilitação da região, mas as marcas do conflito são indisfarçáveis.

Saiba mais:

Especial conflito Rússia-Ucrânia

Últimas Notícias
Mais Vistos