Guerra Rússia-Ucrânia

Zelensky considera proibição global de vistos para cidadãos russos "justa"

Zelensky considera proibição global de vistos para cidadãos russos "justa"
UKRAINIAN PRESIDENTIAL PRESS SER
O Governo estoniano já anunciou que vai deixar de conceder vistos a turistas que chegam da Rússia.

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, voltou a defender a proibição global de vistos para cidadãos russos, alegando ser uma medida "justa" e pedindo aos aliados europeus para que a executem.

Deve haver uma garantia de que os assassinos e facilitadores russos do terrorismo de Estado não usarão Schengen. (...) Não se pode destruir a própria ideia de Europa, os nossos valores europeus comuns

Zelensky voltou a defender a sua proposta de proibição de vistos para cidadãos russos que viajam para a Europa em turismo, entretenimento ou negócios, depois de vários membros da União Europeia (UE) terem aberto o debate sobre o tema.

O Governo estoniano já anunciou que vai deixar de conceder vistos a turistas que chegam da Rússia, detalhando que o número de cidadãos russos que atravessam o país aumentou de forma maciça.

No entanto, Zelensky destacou a importância de oferecer vistos para aqueles cidadãos que arriscam as suas vidas, se continuarem em território russo.

Claro, todos nós percebemos: há pessoas que realmente precisam de proteção, que são perseguidas na Rússia, podem até ser mortas e, portanto, devem receber ajuda do mundo civilizado

Para o Presidente ucraniano, apenas deveriam ser ajudados os refugiados ou aqueles que pedem asilo.

É para aqueles que lutam, para aqueles que são perseguidos. Isso não deveria aplicar-se ao resto dos cidadãos russos

Últimas Notícias
Mais Vistos