Guerra Rússia-Ucrânia

Inspeção à central nuclear de Zaporijia pode acontecer no fim de semana

Loading...
É a maior estrutura do género em toda a Europa e um acidente teria consequências devastadoras.

É cada vez maior a preocupação com a segurança da central nuclear de Zaporíjia, ameaçada pela guerra na Ucrânia. Mas a deslocação de especialistas da Agência Internacional de Energia Atómica, possibilitada pela pressão internacional e pelas intensas negociações com os dois lados do conflito, pode acontecer no fim de semana.

Os especialistas da Agência Internacional de Energia Atómica já estão a caminho da central nuclear de Zaporíjia, numa altura em que Rússia e Ucrânia continuam a trocar acusações sobre ataques às instalações.

Ao inicio da manhã desta segunda-feira, o diretor da agência Internacional de Energia Atómica confirmou o início da missão, através de uma fotografia na qual está acompanhado pelos peritos que seguem rumo a Zaporijia para uma visita à central nuclear.

A viagem pedida há meses, desde que as instalações foram ocupadas pelo exercito russo, é agora uma realidade e pode acontecer no fim de semana.

Moscovo garante que vai acolher a comitiva e garantir a segurança dos peritos. A Ucrânia acredita que esta vai ser a missão mais dura da história da agência, prestes a operar junto a uma das frentes mais intensas da batalha.

Com receio de um desastre nuclear, as autoridades locais estão a distribuir comprimidos de iodo à população. Para já, a Rússia garante que os niveis de radiação estão normais.

Últimas Notícias
Mais Vistos