Guerra Rússia-Ucrânia

O aviso da Rússia sobre um possível ataque na Transnístria

O aviso da Rússia sobre um possível ataque na Transnístria
Alexander Hassenstein - UEFA
A Transnístria é uma pequena região separatista na Moldávia armada e apoiada pela Rússia.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, advertiu esta quinta-feira que qualquer ação contra os "soldados da paz" russos na Transnístria, na Moldávia, será considerada um ataque à própria Rússia.

“Todos devem compreender que qualquer ação que ponha em perigo a segurança dos nossos militares será considerada, em conformidade com o Direito internacional, como um ataque à Rússia”.

“No que diz respeito aos nossos interesses, as nossas forças de manutenção da paz estão ali estacionadas (...) protegendo o maior depósito de munições da Europa em Kolbasna”.

A Transnístria é uma pequena região separatista na Moldávia armada e apoiada pela Rússia. Anunciou a sua separação da Moldávia após uma curta guerra civil no início dos anos 1990, mas nenhum país reconheceu a independência, incluindo a Rússia.

Moscovo mantém 1.500 soldados no território, que enquadra como uma força de manutenção de paz.

Desde o início da guerra na Ucrânia, as autoridades de Kiev receiam que Moscovo possa utilizar a Transnístria para lançar ataques no sudoeste do país.

Últimas Notícias
Mais Vistos