Guerra Rússia-Ucrânia

Parlamento Europeu aprova novo apoio de 5 mil M€ à Ucrânia

União Europeia / Javier Ghersi
União Europeia / Javier Ghersi
Javier Ghersi
É a segunda e maior parcela do pacote de apoio extraordinário da União Europeia a Kiev.

O Parlamento Europeu deu, esta quinta-feira, “luz verde” à concessão de mais cinco mil milhões de euros de assistência macrofinanceira da União Europeia (UE) à Ucrânia, uma medida proposta na semana passada pela Comissão Europeia.

Esta é a segunda e maior parcela do pacote de apoio extraordinário da UE à Ucrânia, aprovado pelos líderes dos 27 num Conselho Europeu em junho, num montante total de até nove mil milhões de euros, dos quais mil milhões já foram desembolsados. A ajuda é concedida na forma de empréstimo em condições muito favoráveis.

O texto, esta quinta-feira, aprovado pelo Parlamento Europeu por procedimento de urgência - com 534 votos a favor, 30 contra e 26 abstenções - especifica que a condição prévia para a concessão desta ajuda é o respeito da Ucrânia pelos mecanismos democráticos, apesar da concentração do poder no ramo executivo em tempos de guerra.

A assembleia sublinha que “as necessidades de financiamento externo da Ucrânia aumentaram rapidamente como resultado da invasão russa”, apontando que, “além dos extensos danos nas estradas, pontes, fábricas, casas, hospitais e outras infraestruturas físicas, o país também perdeu o acesso aos mercados financeiros internacionais”.

O empréstimo da UE também contribuirá para a "sustentabilidade da dívida pública da Ucrânia e para a sua capacidade de eventualmente pagar as suas obrigações financeiras", de acordo com o texto aprovado pelo Parlamento.

Últimas Notícias
Mais Vistos