Guerra Rússia-Ucrânia

Cerca de 80% de Kiev sem acesso a água e energia

Loading...

Uma barragem que abastece a região foi bombardeada.

Em Kiev, dezenas de ucranianos fazem fila para conseguirem retirar água de um poço. Cerca de 80% da capital ucraniana está sem acesso a água potável, depois de um bombardeamento a uma barragem que abastece a região.

Para além disso, registam-se falhas no fornecimento de energia, numa altura em que a população começa a atravessar as temperaturas negativas do inverno.

Nove meses após o início da invasão russa, milhões de ucranianos vão passar o dia sem eletricidade e aquecimento e em Kiev, já atingida por condições meteorológicas típicas do inverno (chuva e neve), cerca de 70% da população da capital ficou sem fornecimento de energia de manhã, segundo a autarquia da cidade.

O abastecimento de água foi restabelecido ao início da tarde, de acordo com a mesma fonte.

O Ministério da Defesa russo assegurou que os seus bombardeamentos não atingiram Kiev, acusando a defesa antiaérea ucraniana de ser responsável pelos danos na capital.

O Governo de Kiev diz que o objetivo da Rússia é prejudicar os civis, o que reforça a ideia de que estão a ser cometidos crimes de guerra.

Últimas Notícias
Mais Vistos