Incêndios em Portugal

Detido suspeito de atear pelo menos nove fogos no distrito de Vila Real

Detido suspeito de atear pelo menos nove fogos no distrito de Vila Real
Mike Whitby / EyeEm
Homem de 62 anos terá praticado os crimes no concelho de Ribeira de Pena.

Um homem de 62 anos foi detido pela suspeita de ter ateado, pelo menos, nove incêndios em áreas florestais do concelho de Ribeira de Pena, anunciou, esta quarta-feira, a Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real.

A PJ disse, em comunicado, que o suspeito está “fortemente indiciado” pela prática do crime de incêndio florestal em Ribeira de Pena, no distrito de Vila Real.

A polícia salientou que o homem é suspeito de ter ateado, pelo menos, nove incêndios em áreas florestais, que ocorreram entre o dia 1 de agosto e esta terça-feira.

Ateados maioritariamente durante a noite e madrugada, os fogos consumiram áreas de mancha florestal, constituída por mato e povoamentos de eucaliptos, carvalhos, castanheiros, entre outras espécies arbóreas.

Os incêndios, segundo a PJ, colocaram “em perigo uma vasta mancha florestal e agrícola, bem como várias habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros”.

O detido, com 62 anos, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

A detenção foi feita pela Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, que contou com a colaboração do posto de Ribeira de Pena da GNR.

Inserida em Ribeira de Pena está uma das maiores manchas contínuas de pinheiro bravo da Península Ibérica e, nas últimas semanas, têm sido várias as ignições verificadas neste concelho.

Últimas Notícias
Mais Vistos