Incêndios em Portugal

Proteção Civil afirma que incêndio na Serra da Estrela “tem um comportamento violento”

Proteção Civil afirma que incêndio na Serra da Estrela “tem um comportamento violento”

Estratégia será salvaguardar a vida da população, dos operacionais e salvaguardar o património.

Loading...

O comandante nacional da Proteção Civil afirmou na noite desta segunda-feira que o incêndio que lavra na Serra da Estrela “tem um comportamento violento”, havendo locais que ardem com “intensidade elevada”.

André Fernandes explicou também que o fogo afeta os municípios de Manteigas, Covilhã e Guarda, estando a ser feita a evacuação das diferentes aldeias na linha de fogo.

No terreno estão mais de 700 operacionais e foram já ativados 17 grupos de reforço de combate dos corpos de bombeiros. Para além disso, foram chamas duas equipas de ataque ampliado da unidade especial de proteção e socorro da GNR e destacadas oito máquinas de rasto.

O comandante nacional da Proteção Civil prevê uma noite de “combate efetivo” em que a estratégia será salvaguardar a vida da população, dos operacionais e salvaguardar o património.

Por isso, deixa um apelo para que a população adote comportamentos de autoproteção e acate todas as indicações das autoridades.

André Fernandes informa ainda que a origem deste incêndio foram três ignições em simultâneo, não havendo ainda confirmação de que tenha sido um reacendimento ou mão criminosa.

Diz também que será reforçado o dispositivo de vigilância na Serra da Estrela, de forma a prevenir e controlar possíveis novas ignições nos próximos dias.

Últimas Notícias
Mais Vistos