Isabel II

Morte da Rainha Isabel II: Zelensky expressa sinceras condolências por "perda irreparável"

Rainha Isabel II
Rainha Isabel II
Stefan Wermuth
O Presidente da Ucrânia enviou as condolências ao povo britânico.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, expressou esta quinta-feira as mais "sinceras condolências" em nome do povo ucraniano pela "perda irreparável" que representa a morte da rainha Isabel II.

Numa publicação na rede social Twitter, o presidente ucraniano disse que "foi com profunda tristeza" que soube da morte da monarca britânica.

Em nome do povo ucraniano, Volodymyr Zelensky expressa as sinceras condolências à família real, a todo o Reino Unido e aos países da Commonwealth por esta "perda irreparável".

"Os nossos pensamentos e orações estão com você", disse.

A Rainha Isabel II morreu esta quinta-feira aos 96 anos no Castelo de Balmoral, na Escócia. O óbito foi anunciado pela família real.

"A rainha morreu pacificamente em Balmoral esta tarde. O Rei e a Rainha Consorte permanecerão em Balmoral esta noite e voltarão a Londres amanhã [sexta-feira]", anunciou o Palácio de Buckingham em comunicado, numa referência a Carlos e Camila.

A notícia foi conhecida após membros próximos da família real terem viajado hoje subitamente para Balmoral para estar com a rainha após um comunicado dando conta da preocupação dos médicos com o estado de saúde da monarca de 96 anos.

Últimas Notícias
Mais Vistos